Brasil termina Atletismo em Santiago com 23 medalhas

O Brasil terminou neste domingo (dia 8) a participação no torneio de Atletismo dos Jogos Sul-Americanos da Juventude, disputado no Estádio Nacional em Santiago, no Chile.

Lissandra Maysa Campos, campeã do salto em distância (Divulgação/CBAt)

A seleção conquistou no último dia 11 medalhas, sendo cinco de ouro, quatro de prata e duas de bronze. No total, a equipe somou 23 medalhas (10 ouros, 9 pratas e 4 bronzes) para a delegação levada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A equipe brasileira ficou em primeiro lugar no quadro de medalhas da modalidade. A Colômbia terminou em segundo, com 21 (oito ouros, sete pratas e seis bronzes), seguida do Chile e da Argentina, com 15 (cinco ouros, três pratas e sete bronzes).

Neste domingo, vários atletas se destacaram. Um exemplo foi o paulista Adrian Henrique Dias Vieira, do SESI-SP. Depois de vencer o salto triplo, ele ganhou o ouro também no salto em distância, com 7,72 m, marca muito superior ao do segundo colocado, o venezuelano Daniel Alejandro Ruiz, que conseguiu 6,68 m.

Várias vitórias foram especialmente comemoradas como a de Lucas Conceição Vilar nos 200 m, que completou a distância em 22.02, e de Pedro Henrique de Oliveira nos 2.000 m com obstáculos, com 6:15.88.

No sábado tivemos as  vitórias conquistadas por Marcos Paulo Leal Ferreira, de Pindamonhangaba (SP), que venceu os 110 m com barreiras, com o tempo de 14.00, enquanto Ryan De Sousa Lima, de Brasília, ganhou os 400 m, com 49.65. Os outros dois ouros foram alcançados no salto triplo por Adrian Henrique Dias Vieira, de Mogi Guaçu (SP), com 15,04 m, e por Nerisnelia dos Santos Sousa, de São João do Caru (MA) e que vive em Sorriso (MT), com 12,77 m. Bons resultados, ainda, de Vitória Pereira Jardim (12.28), nos 100 m, e Thais Michele Clemente (14.47). nos 100 m com barreiras – terminaram na quarta colocação.

O paulista Augusto de Campos Fernandes conquistou na sexta-feira  a medalha de prata no salto em altura. O atleta de 16 anos, nascido em Piracicaba, saltou 2,00 m (recorde pessoal). O ouro ficou com o chileno Nicolás Gabriel Numair Rueda, com 2,03 m, enquanto o bronze foi para o venezuelano Armando Jose Bustos Rincones, com 1,95 m.

“O desempenho no geral da equipe foi expressivo e acho que os nossos profissionais do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo devem monitorar esses atletas não para Tóquio, porque são muito jovens, mas para 2024”, comentou Warlindo Carneiro da Silva Filho, chefe do Atletismo em Santiago, e vice-presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

A competição, para atletas de 14 a 16 anos, é um preparatório para a Olimpíada da Juventude, que será disputada em Buenos Aires, na Argentina, em 2018.

Os pódios com os brasileiros

Salto em distância
1-Adrian Henrique Dias Vieira (BRA) – 7,72 m
2-Daniel Alejandro Mejicano Ruiz (VEN) – 6,68 m
3-Daniel Agustin Romero (ARG) – 6,61 m

Lançamento do disco
1-Dahiana Lopez Espindola (URU) – 45,02 m
2-Ana Caroline Dos Santos Lopes (BRA) – 35,14 m
3-Silennis Alejandra Vargas Dun (VEN) – 33,51 m

10.000 m marcha atlética
1-Jhonatan Enrique Andrade Falcon (ECU) – 50:35.38
2-Gianluca Rosas (ARG) – 51:40.99
3-Kauan da Silva Domingues (BRA) – 51:49.61

400 m com barreiras
1-Caio de Almeida Alves (BRA) – 53.22
2-Sebastian Barrera Ballesteros (COL) – 53.90
3-Rodrigo Joel Yamil Bordon Carrera (ARG) – 54.37

200 m
1-Lucas Conceição Vilar (BRA) – 22.02
2-Sebastian Andres Berrueco (COL) – 22.07
3-Gian Carlos Mosquera (COL) – 22.09

400 m com barreiras
1-Valeria Cabezas Caracas (COL) – 1:00.07
2-Jessica Vitoria de Oliveira Moreira (BRA) – 1:01.90
3-Karismar Dayana Andueza Ortiz (VEN) – 1:06.00

2.000 m com obstáculos
1-Stefany Paola Lopez Mendoza (COL) – 7:09.95
2-Sandra Erika Tigasi Chusin (ECU) – 7:15.54
3-Ticiane Souza Bonfim (BRA) – 7:16.78

Salto em distância
1-Lissandra Maysa Campos (BRA) – 5,80 m
2-Rocío Fernanda Muñoz (CHI) – 5,65 m
3-Indiana Holgado (ARG) – 5,34 m

2.000 m com obstáculos
1-Pedro Henrique de Oliveira (BRA) – 6:15.88
2-Alejandro Duran Duran (COL) – 6:23.85
3-Brayan Stalin Quinatoa Tuso (ECU) – 6:30.24

800 m
1-Jonathan David Rodriguez Osorno (COL) – 2:00.25
2-Lucas Pinho Leite (BRA) – 2:00.35
3-Nicolas William Vasquez Chavez (VEN) – 2:01.16

Lançamento do disco
1-Nazareno Uriel Sasia (ARG) – 58,67 m
2-Vitor Gabriel Motin (BRA) – 57,52 m
3-Sebastian Juanillo Leon (COL) -53,03 m

110 m com barreiras
1-Marcos Paulo Leal Ferreira (BRA) – 14.00
2-Martín Saenz de Santa Maria (CHI) – 14.54
3-Francisco Javier Diaz Zuloaga (VEN) – 14.54

400 m
1-Ryan de Sousa Lima (BRA) – 49.65
2-Nicolas William Vasquez Chavez (VEN) – 49.92
3-Daniel Alejandro Mejicano Ruiz (VEN) – 50.02

Arremesso do peso
1-Nazareno Uriel Sasia (ARG) – 20,45 m
2-Vitor Gabriel Motin (BRA) – 17,75 m
3-Lazaro Bonora (ARG) – 17,60 m

Lançamento do dardo
1-Gustavo Agustin Osorio (ARG) – 67,07 m
2-Lautaro Rafael Techera Portillo (URU) – 63,72 m
3-Guilherme Moreira Soares (BRA) – 60,92 m

Salto triplo
1-Adrian Henrique Dias Vieira (BRA) – 15,04 m
2-Manuel Jeremias Cuesta Mosquera (COL) – 14,85 m
3-Navaro Doulany Aboikonie (SUR) – 14,53 m

3.000 m
1-Dylan Damian Van Der Hock (ARG) – 8:59.15
2-Randy Jose Rojas Mendez (VEN) – 8:59.64
3-Pedro Henrique de Oliveira (BRA) – 9:10.31

Arremesso do peso
1-Javiera Dominique Bravo Beroiza (CHI) – 14.51 m
2-Rafaela Cristine Maciel de Sousa (BRA) – 14.09 m
3-Fedra Florentin (PAR) – 13.77 m

400 m
1-Deshana Ashanti Skeete (GUY) – 57.28
2-Jessica Vitoria de Oliveira Moreira (BRA) – 57.54
3-Andreina Samantha Minda Valencia (ECU) – 58.81

Lançamento do dardo
1-Yuleisi Anahi Angulo Bonilla (ECU) – 54,24 m
2-Alana das Neves Maranhão (BRA) – 48,64 m
3-Catalina Soledad Irribarra Tapia (CHI) – 47,50 m

Salto triplo
1-Nerisnelia dos Santos Sousa (BRA) – 12,77 m
2-Josefina Aida Aller González (CHI) – 11,81 m
3-Monifah Latavia Djoe (SUR) – 11,58 m

 Salto altura
1-Nicolás Gabriel Numair Rueda (CHI) –  2,03 m
2- Augusto de Campos Fernandes (BRA) – 2,00m
3-Armando Jose Bustos Rincones(VEN) 1,95 m

Share

Deixe uma resposta