André Rocha lidera ranking de índices técnicos do Comitê Paralímpico Brasileiro

26 d janeiro d 2018 às 9:50 am

Foi divulgada nesta semana pelo Comitê Paralímpico Brasileiro a lista dos 50 melhores paratletas do Paratletismo de 2017, com base no chamado ITC – índice Técnico. Por meio de uma fórmula matemática, chega-se ao ITC com base nos melhores resultados do paratleta ao longo do ano.O Departamento Técnico do CPB divulgou a relação dos atletas com os 50 melhores índices técnicos (ITCs) para a natação e o atletismo. Estes atletas obtêm vaga direta nas etapas nacionais do Circuito Loterias Caixa em ambas as modalidades – sem a necessidade de disputar as regionais para a conquista de índices classificatórios.

O Circuito Loterias Caixa é o principal circuito de meetings das modalidade paralímpicas de natação, atletismo, halterofilismo e, a partir de 2018, esgrima em cadeira de rodas.

O paratleta taubateano André Rocha, da equipe do Programa Esporte Para Todos, terminou a temporada 2017 liderando o ranking do ITC,  com a marca de 23,09m no Lançamento do Disco, classe F52. Esta marca lhe rendeu o ITC de 124,608.

Na lista, constam ainda dois outros paratletas do time de Taubaté. Alessandro da Silva (classe F11), no Lançamento do Disco, ficou com a 5ª colocação no ranking. E Michel Abraham (classe T47), no Salto Triplo, foi o 9º. Estes dois paratletas foram integrados recentemente à equipe do Programa esporte Para Todos e vão estrear com a camisa taubateana nesta temporada 2018.

André se mostrou muito contente com o resultado, que confirmou 2017 como o melhor ano de sua carreira. “Só tenho que agradecer todo apoio, treinamento e principalmente, por acreditar que conseguiria.

Passei por um ano muito difícil após a cirurgia na coluna, sinto dores crônicas, mudança para uma classe mais baixa, enfim, foi com muita luta, foco, força de vontade e uma equipe nota 10 que acreditou no meu trabalho. Graças a Deus tudo deu certo, e obtive meus melhores resultados e conquistas muito valiosas”, comentou.

Em 2017, André Rocha foi o principal nome do Brasil nas provas de Arremesso de Peso e Lançamento de Disco na classe F52, dominando o Circuito Loterias Caixa com soberania. Internacionalmente, ele brilhou no Open Grand Prix de Paratletismo de Berlim, na Alemanha, pelo terceiro ano consecutivo, trazendo medalhas de ouro no Peso e no Disco. E estreou em Campeonatos Mundiais, trazendo de Londres a medalha de ouro no Lançamento de Disco, com direito a Recorde Mundial da classe F52.

Ao longo de 2017, entre as provas de Arremesso de Peso e Lançamento de Disco, André bateu 7 vezes o Recorde Mundial.

André está treinando com seu técnico Guto Nascimento, em fase de preparação de base. O paratleta começa a temporada 2018 oficialmente em abril, na disputa do Open Grand Prix de São Paulo, evento que faz parte do circuito internacional de meeting de paratletismo promovido pelo Comitê Paralímpico Internacional.

O torneio acontecerá de 24 a 28 de abril em São Paulo, no Centro de Treinamento Paralímpico.

Share