Brasileiro Loterias Caixa de Para Atletismo termina com 20 atletas com índice A para o Mundial de Dubai

30 d setembro d 2019 às 11:24 am

Chegou ao fim neste domingo, 29, o Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo. Disputado no CT Paralímpico, em São Paulo, o evento encerrou o período para obtenção de índices classificatórios para o Mundial da modalidade, que ocorrerá de 7 a 15 de novembro, em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

Lorena Spoladore (à esquerda) e Jerusa Geber (ao centro) durante prova do Campeonato Brasileiro (Crédito: Alê Cabral/CPB)

Neste fim de semana, mais três atletas garantiram vaga na competição mais importante do ano. O Brasileiro contou com a participação de cerca de 600 competidores.

Ao todo, 20 atletas conseguiram os índices A estabelecidos pelo CPB. A paranaense Lorena Spoladore (nos 100m T11, para cegos totais), o paraibano Joeferson Marinho e o sul-matogrossense Fabrício Júnior (ambos nos 100m T12, para atletas com baixa visão) entraram no seleto grupo neste fim de semana. O Brasil levará 40 competidores ao Oriente Médio. A lista será completada de acordo com os critérios estabelecidos pela direção técnica do CPB e divulgada ainda nesta semana. 

“O Brasil tem evoluído muito no cenário mundial. Estamos entre os melhores do planeta e esta delegação é composta por atletas que classificaram-se com uma performance que os coloca entre os três primeiros do mundo. Será uma equipe muito forte em Dubai e nossa expectativa, como não poderia deixar de ser, é muito boa”, disse Amaury Veríssimo, técnico-chefe do atletismo no Comitê Paralímpico Brasileiro. 

São esperados cerca de 1.300 atletas de mais de 100 países para o Mundial de Dubai. Londres sediou a última edição do evento em 2017. O Brasil ficou com o nono lugar no quadro-geral de medalhas: foram oito ouros, sete pratas e seis bronzes – um total de 21 pódios. 

O Campeonato Brasileiro foi palco ainda dos primeiros classificados do atletismo para os Jogos Paralímpicos de Tóquio. A paulista Beth Rodrigues (lançamento de disco F52), o carioca João Victor Teixeira (lançamento de disco F37), a acreana Jerusa Geber e Lorena Spoladore (100m T11), além do paulista Thomaz Ruan (400m T47) foram os cinco primeiros a conseguir marcas qualificatórias para a Paralimpíada. Os índices foram divulgados nesta semana.

Os melhores atletas do país tinham direito a entrar no Campeonato Brasileiro. Eles foram classificados para o campeonato por meio do ranking nacional. Os pontos do ranking são obtidos em competições qualificadas. No primeiro semestre, competidores puderam buscar marcas nas quatro fases regionais: São Paulo, no CT Paralímpico, em fevereiro; Norte-Nordeste, em João Pessoa (PB), em março; Centro-Leste, em Uberlândia (MG), e Rio-Sul, em Curitiba (PR), em abril. Outras oportunidades foram as duas etapas nacionais do Circuito, ambas realizadas no CT Paralímpico. A primeira ocorreu em junho, já a segunda, em agosto.

Confira abaixo a relação dos atletas com índice A para o Mundial de Dubai 
Alessandro Rodrigo (F11)
Cícero Valdiran (F57)
Daniel Martins (T20)
Daniel Mendes (T11)
Edson Pinheiro (T48)
Elizabeth Gomes (F52)
Fabrício Júnior (T12)
Izabela Campos (F11)
Jerusa Geber (T11)
Joeferson Marinho (T12)
Júlio Cesar Agripino (T11)
Lorena Spoladore (T11)
Petrúcio Ferreira (T47)
Raissa Machado (F56)
Tascitha Cruz (T36)
Thalita Simplício (T11)
Thiago Paulino (F57)
Thomaz Ruan (T47)
Vinicius Rodrigues (T63)
Vitor Antonio de Jesus (T37)

Patrocínios
O paratletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem.

Time São Paulo 
Os atletas Alessandro Rodrigo, Edson Pinheiro, Elizabeth Rodrigues, Jerusa Geber, Júlio Cesar Agripino, Lorena Spoladore, Thiago Paulino e Vinicius Rodrigues são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 62 atletas e quatro atletas-guia, de nove modalidades.

Share