João do Pulo vira tema de selo dos Correios por recorde no salto triplo

15 d outubro d 2016 às 9:37 am

Atleta de Pindamonhangaba receberá condecoração dos Correios, neste sábado, em São Bernardo do Campo. Atleta subiu ao pódio nas Olimpíadas de 1976 e 1980

Selo e carimbo em homenagem a João do Pulo  (Foto: Divulgação/Correios)

Dono de duas medalhas olímpicas e recordista mundial do salto triplo por 10 anos, João do Pulo, de Pindamonhangaba, será homenageado com um selo postal dos Correios. O evento de lançamento está marcado para este sábado, 15, às 14h, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista e comemorará os 41 anos do recorde, que foi estabelecido em 1975, nos Jogos Pan-americanos, na Cidade do México.

João do Pulo subiu duas vezes ao pódio em jogos olímpicos: foi bronze em Montreal-1976 e Moscou-1980. Neste último, o brasileiro teve um de seus melhores saltos não validados para, supostamente, favorecer atletas soviéticos. A Associação de Atletismo da Austrália pediu uma investigação da IAAF (Federação Internacional de Atletismo) sobre a polêmica final. Neste caso, o saltador australiano Ian Campbell saltou o suficiente para ficar com o ouro, o que tiraria a medalha de João do Pulo.

 

João Carlos de Oliveira, o João do Pulo Pan-americanos de 1975 (Foto: Claudine Petroli / Agência Estado)

O recorde sul-americano no salto triplo durou por ainda mais tempo: 32 anos. Só foi superado em 2007 por Jardel Gregório. Em 1987, recebeu da IAAF um Jubileu por ser autor de um dos 100 melhores momentos da história do atletismo.

João Carlos de Oliveira sofreu um acidente de carro em 1981, quando tinha 27 anos. Precisou amputar a perna e encerrar a carreira precocemente. Em 1999, um dia depois de completar 45 anos, morreu com cirrose hepática e infecção generalizada.

 

Fonte: GloboEsporte.com

Fotos: Selo e carimbo dos Correios em homenagem a João do Pulo (Foto: Divulgação/Correios) e João Carlos de Oliveira, o João do Pulo nos Jogos Pan-americanos de 1975 (Foto: Claudine Petroli / Agência Estado)

Share