Maratona na África do Sul lembra libertação de Mandela

8 d fevereiro d 2015 às 11:00 am

Dezenas de pessoas participaram na província sul-africana de Western Cape da Corrida da Liberdade, que comemora os 25 anos da libertação do líder Nelson Mandela, segundo destacou neste sábado a emissora de televisão SABC.

AFP / Getty Images

Nelson Mandela em campanha eleitoral, em 1994.Nelson Mandela em campanha eleitoral, em 1994.

“Cidadãos de todas as idades se reuniram para a celebração do acontecimento histórico com este evento anual, que pretende elevar os valores pelos que lutou Mandela de uma África do Sul não racial, sem ódio, onde todos sejam tratados por igual”, indicou a reportagem da emissora.

“Quando Tata Madiba – como carinhosamente era conhecido – abandonou o cárcere, disse que tinha deixado a amargura e o ódio para trás e que esperava construir um país democrático”, assinalou Delekile Klaas, comissário Regional para Serviços Penitenciários.

“Assim, nós sul-africanos devemos seguir de forma positiva adiante”, agregou Klaas, segundo o canal TV South African Broadcasting Corporation.

A maratona, que percorreu diferentes trechos, teve ponto de partida na prisão de Victor Verster, agora chamada Drakenstein Correctional Facility, onde Mandela começou seu famoso caminho para a liberdade após 27 anos de encarceramento.

Antes de ser transferido para lá em dezembro de 1988, Mandela passou 18 anos no cárcere de Robben Island, onde permaneceu confinado em uma cela de 2,4 metros de altura por 2,1 de largura.

Share