Nenhum atleta consegue terminar Ultramaratona de 160 km nos Estados Unidos

1 d abril d 2015 às 9:30 am

barkley-marathons-hell_feNenhum dos 40 corredores da Ultramaratona de Barkley conseguiu acabar a prova de 160 km este ano, fato que não acontecia desde 2007. A prova foi criada em 1986 e põe os corredores a dar cinco voltas ao parque estatal Frozen Head do Tennessee, nos Estados Unidos, e é considerada uma das mais difíceis Ultramaratonas do mundo.

Apenas um dos participantes completou três voltas ao percurso nas 36 horas definidas antes de desistir.

Cada corredor deve completar uma volta de 32 Km em menos de 12 horas, ao todo deve fazer cinco voltas, 160 km em 60 horas. Em 30 anos, apenas 14 dos 1,100 participantes acabaram a corrida.

O limite das 60 horas acabou na segunda-feira, dia 30, com um participante ainda desaparecido. Exausto, JamilCory dormiu uma sesta de oito horas enquanto os outros corredores procuravam por ele.
Sem estações de apoio, os atletas apenas podem levar um mapa e uma bússola para se orientarem. Para provar que correram todo o percurso, os participantes têm que encontrar nove dos 11 livros escondidos pelo trilho e arrancar as páginas dos livros que equivalem ao seu número que lhes é atribuído.

Share