Porto Alegre recebe etapa Rio-Sul do Circuito Loterias Caixa

9 d março d 2018 às 12:18 pm

Nos dias 10 e 11 de março, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Grêmio Náutico União, ambos em Porto Alegre, receberão as competições de atletismo e natação, respectivamente, da fase regional Rio-Sul do Circuito Loterias Caixa. Ao todo 388 atletas estão inscritos: 262 na pista e campo, 126 na piscina. Além do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e Espírito Santo terão representantes. Entre eles, atletas que subiram ao pódio na última edição dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016.

Fábio Bordignon, foto de Daniel Zappe

A capital gaúcha será a segunda parada do Circuito Loterias Caixa. Ainda no mês de março, será realizada a fase regional Norte-Nordeste, do dia 22 a 25, em Aracajú (SE). Goiânia (GO) receberá o último estágio, Centro-Leste, de 12 a 15 de abril. Os atletas que alcançarem os índices estabelecidos pelo departamento técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) garantirão participação nas etapas nacionais do Circuito Loterias Caixa, em junho e agosto. A terceira fase nacional receberá a denominação de Campeonato Brasileiro, em outubro, reunindo os melhores do ano. As três competições serão realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Fábio Bordignon será um dos principais destaques da competição. Prata nos 100m e 200m da classe T35 (paralisados cerebrais) nos Jogos do Rio 2016, ele disputará estas mesmas provas de atletismo no Rio Grande do Sul. Outra medalhista paralímpica no páreo será Susana Schnarndorf, medalhista de prata no revezamento 4x50m livre misto 20 pontos no Estádio Aquático Olímpico. Camille Rodrigues, medalhista de ouro nos 100m livre, 400m livre e 100m costas no Parapan-Americano de Toronto 2015, também estará em ação.

Vale ressaltar que atletas que já possuem vaga garantida nas fases nacionais do Circuito Loterias Caixa – os 50 melhores de cada modalidade – poderão competir nas etapas regionais, diferentemente dos anos anteriores. É o caso de Fábio Bordignon e Camille Rodrigues. Esses esportistas não ganharão medalhas tampouco pontuarão para o clube, mas poderão participar.

O Circuito Loterias Caixa também contempla as disputas do halterofilismo, que nesta temporada, terá três de suas quatro etapas realizadas no mesmo fim de semana da esgrima em cadeira de rodas. O calendário reserva para a segunda quinzena de março, em Aracaju, Sergipe, a abertura do ano no halterofilismo. Já a esgrima, em abril, em Goiânia, terá a sua I Copa Brasil. A mudança no formato do Circuito Loterias Caixa 2018 foi realizada para que atletas das três modalidades possam se hospedar no residencial do Centro de Treinamento Paralímpico durante o período de competição, promovendo uma economia nos custos das equipes.

Share