Renan Gallina é destaque no salto em altura e na velocidade

4 d setembro d 2020 às 1:03 pm

Campeão brasileiro sub-16 e sub-18, o atleta da Associação de Atletismo de Maringá surge como uma promessa do atletismo em duas especialidades bem distintas. O paranaense é o recorde brasileiro sub-16 do salto em altura, com 2,01 m

Renan salta (Dudu Ruiz/CBAt)

O paranaense Renan Correa de Lima Gallina, de 16 anos, surge como uma esperança no atletismo. Recordista brasileiro do salto em altura da categoria sub-16, com 2,01 m, marca obtida em 5 de outubro de 2019, em Londrina, o atleta da Associação de Atletismo de Maringá também se destaca como velocista.

Um exemplo desse potencial é que terminou a temporada do ano passado na liderança dos rankings brasileiros dos 75 m (8.40, com vento contra de 2.0) e do salto em altura, no sub-16. Ele é o primeiro colocado também no sub-18 no altura e nos 100 m, com 10.64 (1.1) – terceira melhor marca da América do Sul de 2019.

“Eu gosto muito de fazer salto em altura e me dedico muito, assim com gosto das provas de velocidade. Não pretendo parar tão cedo de fazer essas especialidades”, comentou Renan, orientado pela professora Sandra Regina Crul, na Vila Olímpica Willie Davids, em Maringá.

Renan em destaque (Dudu Ruiz/CBAt)

No Campeonato Brasileiro Caixa Sub-18, disputado em Porto Alegre (RS), em 2019, Renan ganhou duas medalhas de ouro: 1,97 m no salto em altura e 10.64 (1.1) nos 100 m. No Brasileiro Sub-16, realizado em Fortaleza (CE), venceu os 75 m (8.40) e o altura (1,99 m).

“Meu objetivo no esporte é ter bem-estar, desenvolvendo minhas potencialidades e, talvez, chegar um dia aos Jogos Olímpicos”, disse o atleta, nascido no dia 15 de março de 2004, aluno do 2º ano do ensino médio no Colégio Marista de Maringá.

“Comecei no atletismo após participar de uma competição de 150 m em 2016 e minha treinadora, a Sandra, me viu e me convidou para treinar na equipe”, lembrou Renan, medalha de prata no salto em altura nos Jogos Sul-Americanos Escolares, disputados em Arequipa, no Peru, em 2018, com 1,82 m.

Sandra Regina Crul acredita que Renan pode evoluir bastante com a sequência de treinamentos e competições. “Estou com ele há quatro anos e o progresso tem sido constante”, comentou.

A Caixa é a Patrocinadora Oficial do Atletismo Brasileiro.

Share